23 de janeiro de 2020 – nº 1.380

UNIDAS representa autogestões em reunião da ANA sobre o novo rol

Nos dias 21 e 22 de janeiro, a UNIDAS participou das reuniões técnicas de análises das propostas de atualização do Rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), ciclo 2019-2020. O encontro foi realizado no Rio de Janeiro.

O gerente executivo da UNIDAS, Leandro Araujo, representou as autogestões filiadas à instituição no debate e destacou a necessidade de se discutir as inovações que efetivamente impactam nos desfechos clínicos, sem esquecer de tratar das desincorporações de tecnologias já em desuso ou que não geram mais resultados aos pacientes. “É importante definir critérios e diretrizes para o uso da tecnologia, evitando assim riscos e desperdícios. Temos que ter cuidado com a incorporação de tecnologias de altíssimo custo cujo resultado é pouco expressivo clinicamente, já que elas possuem forte impacto na sustentabilidade da saúde suplementar brasileira como um todo”, afirmou o gerente executivo.

Além dele, a especialista em gestão de saúde Miriam Marchese, médica na área de regulação técnica da Cassi Sede e na gerência de regulação técnica da Geap Diretoria Executiva, também estava presente na reunião sobre o novo Rol e ressaltou que é preciso avaliar as novas tecnologias com cuidado. “A participação da UNIDAS nas reuniões técnicas de análise das propostas de atualização do Rol, junto à ANS, é muito importante. Além das discussões de alto nível técnico-científico, estão sendo considerados os aspectos

 que influenciarão na sustentabilidade financeira no âmbito da saúde suplementar, ao passo que, atualmente, estão sendo estudados os cenários de custo-efetividade e impacto orçamentário das tecnologias propostas”, finalizou a médica.

As próximas reuniões sobre o novo rol serão realizadas nos dias 4 e 5 de fevereiro e novamente contarão com a participação da UNIDAS.