11 de novembro de 2019 – nº 1358

UNIDAS-MG realiza encontro para discutir sobre Atenção Primária à Saúde

A UNIDAS-MG iniciou o mês de novembro com um importante encontro com as autogestões do estado para discutir sobre Atenção Primária à Saúde (APS). O objetivo do evento era criar um espaço para discussão sobre os modelos de redes de APS que estão sendo estudados pelas operadoras e avaliarem a possibilidade de compartilhamento destas redes na Região Metropolitana de Belo Horizonte e no interior do estado.

A iniciativa colocou em prática a fala do presidente da UNIDAS, Anderson Mendes, durante o 22º Congresso Internacional da entidade, onde ele destacou a preocupação da Instituição em possibilitar um canal de comunicação entre as operadoras, sendo criado uma plataforma que permite às operadoras compartilharem suas experiências  de sucesso  e consequentemente abrir porta para encontros, como o ocorrido na Cemig Saúde.

É importante ressaltar que o congresso foi um precursor para os questionamentos levantados, as conversas entre palestras e as troca de ações fomentaram o encontro que teve a participação de dirigentes, superintendentes, gestores e equipe de nove autogestões, sendo elas: ABERTTA SAÚDE, AMAGIS,  CASSI, CASU, CEMIG SAÚDE, COPASS SAÚDE, DESBAN, FUNDAFFEMG e FUNDAÇÃO LIBERTAS.

Com o objetivo desse iniciativa ser a primeira de muitas, os diretores regionais e a UNIDAS Nacional neste momento, representada pela diretora técnica Marina Yasuda, se comprometeram a dar continuidade às questões discutidas no encontro por meio de um workshop a ser realizado nos próximos dias com o propósito de construir um Comitê Permanente para coordenação do projeto de Atenção Primária à Saúde.