Comissões das Autogestões

Em harmonia com sua a missão, a UNIDAS tem criado nos últimos anos comissões estratégicas, para que profissionais das operadoras de autogestão filiadas à entidade troquem experiências e promovam debates para otimizar a gestão dos planos, prever riscos e melhorar o atendimento aos beneficiários. Saiba mais detalhes de cada um dos grupos de trabalho.

Comissão Contábil

Criada para promover o intercâmbio de informações contábeis e fiscais entre as instituições filiadas à UNIDAS e estimular o desenvolvimento técnico profissional, por meio de propostas concretas para melhoria e aperfeiçoamento do sistema.

Comissão de Advogados

A comissão de advogados foi a primeira a ser criada pela UNIDAS. O objetivo do grupo é aproximar os profissionais da área, para que debatam normativas das agências reguladoras e decisões da esfera jurídica, além de possibilitar a troca de informações sobre decisões favoráveis ou desfavoráveis aos interesses do segmento de autogestão, criando um banco de dados para subsidiar as operadoras.

Comissão de Comunicação

O objetivo desta comissão é reunir profissionais de comunicação e marketing das filiadas, para promover troca de experiências sobre os diversos assuntos relacionados à área, acompanhar as ações de comunicação da UNIDAS e sugerir aperfeiçoamentos que visem a melhor forma de levar a informação para as entidades.

Comissão de Atuários

O grupo foi criado para abordar metodologias, assuntos técnicos – demonstrando seus impactos – e assuntos cotidianos da área atuarial, permitindo a troca de informações e a apresentação das melhores práticas.

Comissão de Ouvidores

Criada para identificar e qualificar os serviços prestados pelas ouvidorias das autogestões e intensificar as relações com órgão fiscalizador (ANS) e entidades representativas da classe. A comissão viabilizou um convênio entre a UNIDAS e a ABO (Associação Brasileira de Ouvidores), para a realização de cursos de capacitação e certificação de ouvidores em saúde. A iniciativa tem como objetivo unir o corpo docente e a chancela da ABO à credibilidade e experiência da UNIDAS, para certificar profissionais da área e fazer com que eles se mantenham sempre atualizados.

Comissão de TI

Foi criada para discutir os assuntos relacionados aos aspectos tecnológicos das soluções de Tecnologia da Informação, visando a aderência destas soluções às necessidades do setor, de modo que o processamento e a análise de informação, a geração de conhecimento e sua disseminação fortaleçam a qualidade da atenção prestada, já que a área de TI de uma empresa desempenha um papel estratégico como elemento essencial para o desenvolvimento institucional, em função da sua natureza, que permeia todas as atividades de gestão e administração. A racionalização e a organização dos fluxos de informação são elementos indispensáveis para a competitividade das empresas e a sustentabilidade do setor.

Comissão Técnica Mista UNIDAS-ABRAPP

Foi criada para atuar como instância consultiva, dando apoio técnico às ações das diretorias da UNIDAS e da ABRAPP, sob a forma de estudos e projetos, além de emitir pareceres e produzir trabalhos para apresentação em seminários e congressos promovidos pela UNIDAS-ABRAPP. Um dos principais objetivos é promover o intercâmbio de experiências entre os participantes (“melhores práticas”) e disseminar este conhecimento ao segmento de autogestão, buscando a melhoria contínua de gestão das filiadas.