Asfal: mais uma autogestão encerra direção fiscal imposta pela ANS

Agência reguladora anunciou a decisão na última segunda-feira (20)

 

A Asfal – Associação do Fisco de Alagoas, responsável pela assistência à saúde de mais de 3 mil beneficiários, é mais uma filiada à UNIDAS que superou as condições regulatórias desfavoráveis e a falta de uma legislação específica para as autogestões, e conseguiu encerrar o regime de direção fiscal imposto pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). 

“Enfrentamos consideráveis dificuldades para resgatar a marca, que sempre referenciou a Asfal como um plano de excelência no âmbito da saúde suplementar em Alagoas. Em cada percalço enfrentado, uma luta vencida, até a vitória conclusiva com o fim da direção fiscal da ANS. Essa conquista se deve à junção de esforços coletivos de associados, diretoria executiva, conselho deliberativo, colaboradores e consultores técnicos, comprometidos e determinados incessantemente em buscar soluções para superação da temerária crise vivenciada. O resultado é que temos hoje uma Asfal mais forte, mais sólida e preparada para corresponder às expectativas e aos fins a que se destina. A meta é continuar, o propósito é permanecer.”, destacou Gustavo Calheiros, o diretor-presidente da Asfal.

Vale lembrar que mesmo com todas as, da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil (Cassi) e a Geap Autogestão em Saúde também demonstraram a consistência e o valor do segmento e tiveram a direção fiscal finalizada. “Num momento tão desafiador e de crise, as autogestões mostraram sua resiliência, palavra-chave para superar este desafio”, lembrou novamente o presidente da UNIDAS, Anderson Mendes.

Agora, as operadoras concentram todos os seus esforços na qualidade da assistência aos beneficiários.

Veja também: Duas das maiores autogestões do país, Cassi e Geap agem com resiliência, revertem desequilíbrio econômico e encerram direção fiscal.